17/06/2009

O Setor Quaternário

Essa é para continuar nosso debate sobre os Setores da Economia.


Imagem: www.jangadeiroonline.com.br 

"Setor quaternário é o setor da robótica, cibernética, informática. O domínio da informação vem crescendo de importância a cada dia sendo prioritário para as grandes potências.

O setor quaternário é a expansão do conceito da Hipótese dos Três Setores da Economia e abrange as atividades intelectuais da tecnologia, como geração e troca de informação, educação, pesquisa e desenvolvimento e a alta tecnologia em si, anteriormente incluídas no setor terciário como serviços.

O vertiginoso crescimento do mercado intelectual foi tão repentino que os economistas necessitam estuda-lo em separado e fazer projeções e perspectivas na economia de cada mercado, seja emergente ou consolidado.

O setor quaternário pode ser vislumbrado como o setor no qual as grandes empresas estão investindo em pesquisas de informação para seu próprio crescimento. Isso abrange corte de custos, pesquisas de mercado, idéias inovadoras, produção de novos métodos de produção, desenvolvimento de produtos para novos mercados consumidores, dentre outros.

Há estudiosos que insistem em não expandir a Hipótese dos Três Setores, e, portanto, mantê-los onde estão. Entretanto, muitos discutem que já se possui dados e elementos suficientes para uma nova classificação.

A famosa classificação, de Colin Clark e Jean Fourastié, da economia em setor primário (atividades de extração), secundário (manufatura) e terceário (produção e geração de serviços) está se tornando incompleta para as novas atividades que surgem no mundo pós-moderno. Para Fourastié, um país com baixa renda per capita é eminentemente dependente da extração de materiais, um país com maior grau de desenvolvimento tem seu Produto Nacional Bruto mais voltado na indústria e os paises mais desenvolvidos economicamente, destacam-se pelo setor terceário ou de serviços.Ou seja Setor quaternário é o setor da robótica, cibernética, informática. O domínio da informação vem crescendo de importância a cada dia sendo prioritário para as grandes potências.

Foi um autor, chamado Porat que, em sua tese, verifica o inchaço do setor terciário com todas as “outras” atividades que surgem, como lazer, bancos, cultura, comunicação, saúde e propõe-se que sejam relocados para um novo setor. Ele retira dos setores primário, secundário e terciário da economia, todas as atividades de informação, propondo assim o setor quaternário, que engloba em sua estrutura tudo relacionado ao conhecimento, mesmo sendo produção, processamento e a distribuição de mercadorias e serviços de informação, sejam eles mercantis ou não-mercantis.

A informação, nesse caso, passa a ser considerada como recurso estratégico, de agregação de valor e como elemento de competição política e econômica entre os países, estando-lhe atrelada a utilização da telemática (Araújo, 1995; Borges, 1995; Conselho..., 1998; Malin, 1994).


Imagem: closequarter.co.uk 


O setor se destaca, principalmente, em países desenvolvidos uma vez que requere mão de obra bastante preparada tecnologicamente. Não impressiona dizer que Coréia do Sul, Japão, EUA e Inglaterra estão nas mais altas posições. Somente neste último país, o terceiro e o quarto setor são responsáveis por 76 % dos empregos formais.

Um grande contraste ocorre na Índia, um país onde 300 milhões de pessoas vivem com menos de US$ 1,00 por dia, apresenta um desenvolvimento extraordinário no setor de Tecnologia de Informação. Por ter uma mão de obra abundante e barata e falar-se inglês, comparada com os países de primeiro mundo, grandes empresas mundiais, como Amazon.com, tem seus call-centers sediados lá. E não é só isso, eles dominam o setor quaternário de processamento de dados, montagem e programação de grandes redes de serviço de informática. Por essa razão, das 500 empresas listadas na revista Fortune como as maiores do mundo, 125 têm seus centros de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos na Índia.

Para se ter noção da importância do Setor Quaternário, ainda com dados da Índia, em 2005, exportaram em conhecimento o equivalente a três vezes todas as exportações brasileiras de soja e derivados. Alguns autores afirmam que a competição econômico-política futuramente se dará não mais pela quantidade de matéria-prima que se produz ou de manufaturados que se possa produzir, mas na quantidade de conhecimento técnico-científico alcançado pelas universidades e centros de pesquisa e capazes de se tornarem mercadorias. A informação será o bem econômico mais valioso.

De acordo com algumas definições, o setor quaternário inclui serviços como a indústria de entretenimento. E há, ainda, um setor quintenário, que engloba setores como saúde, cultura e pesquisa."

Fonte: "http://pt.wikipedia.org/wiki/Setor_quatern%C3%A1rio"

16 comentários:

  1. Olá, colega tudo bem? gostei de seu blog, meus parabens

    ResponderExcluir
  2. Olá, Denise vc poderia mudar a cor das letras de bolg, para fica melhor para a leitura

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Gostaria de convida a você para aderia a campanha Operação salário mínimo para todos os políticos, você poderia colocar o cartaz em seu blog e repassa para todos os seus amigos, o cartaz está em meu blog http://evaldofiloteo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. parabens,me ajudou bastante no meu trabalho escolar

    ResponderExcluir
  6. lixo e ruim blog lixxooo

    ResponderExcluir
  7. muito bom!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. qualquer informação é considerada um tesouro para aqueles que buscam conhecimento. parabéns muito bom...

    ResponderExcluir
  9. Uau! Ajudou demais com meu trabalho escolar, você escreve muito bem!
    Adorei!

    ResponderExcluir